ABC da Terra Potiguar para as Terras além do Mar

Por Ari Souza 08/07/2017 - 00:45 hs

Essa é minha dica de leitura para quem curte a literatura esportiva. É um livro que traz nas palavras do ex-atleta João Telino da Costa Neto relatos e bastidores numa forma de diário dos 108 dias vivenciado como jogador do ABC FC na maior excursão realizada por um clube de futebol.

Durante 108 dias o time excursionou para Europa, Ásia e África entrando assim para o livro dos recordes (Guines Book).

Tudo começou no ano de 1973. O ABC acabava de sagra-se tetra campeão potiguar e durante uma partida do campeonato brasileiro contra o Botafogo do Rio de Janeiro, o clube potiguar usou dois jogadores irregulares. Antes a regularização era feita por telefone e até a sexta-feira o ABC não recebera nenhuma informação a respeito da regularização dos atletas. Fato é que Rildo e Marcílio foram a campo e “prejudicaram" o clube potiguar.

Como o clube potiguar ficaria fora de competições ao longo do ano, o Presidente da FNF João Machado que gozava de grande prestígio junto ao Presidente da CBD, antiga CBF, João Havelanche encontraram uma forma de manter o alvinegro de Natal em atividades.

João Havelance aproveitou-se do feito para promover uma amostra do futebol brasileiro em suas visitas a países do velho mundo. Basta lembrar que o mesmo tinha tal interesse porque almejava a presidência da FIFA, o que mais tarde conquistou, permanecendo a frente dessa por muitos anos.

No livro Telino registra bastidores descontraídos regrados a muitas saudades e incidentes passando desde a perda da mala com mantimentos alimentícios a embate com marido turco enraivecido.

Na delegação, a comunicação era feita pelo jornalista Celso Martinelli, da Rádio Cabugi, que gravava os jogos, reproduzidos depois em Natal para os torcedores saudosos da equipe no outro lado do Atlântico.  Segundo o próprio Celso Martinelli o pessoal no Brasil, na época, tinha mais notícias da delegação ABCedistas do que eles tinham dos familiares e isso foi um grande complicador durante os 108 dias de excursão.

O ABC realizou em terras além do mar, 24 partidas, com 07 vitórias, 12 empates e 05 derrotas. “Uma doideira que deu certo”! Conforme, Telino, afirma em seu livro.

Confira todos os jogos:

29/08 – ABC 1 x 0 Fenerbahce – Turquia – Gol: Morais

31/08 – ABC 2 x 3 Altaye – Turquia – Gols: Alberi e Jorge Demolidor

02/09 – ABC 0 x 0 Manissa – Turquia

06/09 – ABC 0 x 2 Panathinaikos – Grécia

10/09 – ABC 0 x 0 Kastoria – Grécia

15/09 – ABC 1 x 1 Seleção da Romênia – Romênia – Gol: Jorge Demolidor

17/09 – ABC 3 x 3 Arges Pitesti   – Romênia – Gols:  Danilo Menezes, Jorge Demolidor e Morais

19/09 – ABC 0 x 1 Craióva – Romênia

23/09 – ABC 0 x 4 Rapid DFC – Romênia

09/10 – ABC 0 x 2 Constanza – Romênia

14/10 – ABC 1 x 0 Zeljaznicar – Iugoslávia – Gol: Jorge Demolidor

17/10 – ABC 0 x 0 Bugoyno – Iugoslávia

20/10 – ABC 0 x 0 Bor – Iugoslávia

04/11 – ABC 1 x 1 Seleção do Líbano – Líbano – Gol: Jorge Demolidor

08/11 – ABC 6 x 2 Seleção de Novos da Etiópia – Etiópia – Gols: Alberi (2), Jorge Demolidor (2), Danilo Menezes e Libânio

11/11 – ABC 0 x 0 Seleção da Etiópia – Etiópia

16/11 – ABC 3 x 0 Horsed – Somália – Gols: Alberi, Libânio e Soares

18/11    ABC 4 x 0 Kifnave – Somália – Gols: Alberi, Libânio, Valdeci e Anchietas

21/11    ABC 1 x 1 Seleção da Somália – Somália – Gol: Alberi

23/11    ABC 2 x 0 Seleção de Uganda – Uganda – Gols: Alberi e Anchieta

25/11    ABC 0 x 0 Express – Uganda

27/11    ABC 4 x 0 Arms – Uganda – Gols: Jorge Demolidor (2), Alberi e Walter Cardoso

29/11    ABC 1 x 1 Norogoró – Tanzânia – Gol: Jorge Demolidor

30/11    ABC 0 x 0 Seleção da Tanzânia