Polícia Militar segue aquartelada mesmo após determinação judicial

Por Erivan Camara 02/01/2018 - 12:50 hs

Mesmo após a decisão judicial que determina prisão dos policiais que não cumprirem patrulhamento, as viaturas continuam estacionadas nos batalhões e quartéis na manhã desta terça-feira, 2.

A justificativa utilizada pelos oficiais é a falta de condição das viatuaras, que danificadas, não podem ser utilizadas durante os patrulhamentos. A paralisação está sendo realizada pela categoria desde o dia 19. A Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), confirmaram estar cumprindo a decisão.

Como os bombeiros e policiais cumprem expediente nos quartéis, não estão em greve, logo, não podem ser detidos, uma vez que cumprem a decisão e estão trabalhando no local.

O desembargador Cláudio Santos determinou que os militares que se recusarem a trabalhar serão detidos. Uma publicação da Secretaria de Segurança Pública (Sesed) afirmou, nesta terça-feira, que iria cumprir a decisão, porém, até o momento, os militares seguem aquartelados.via Agora RN