Amanda Nunes é hospitalizada e está fora da luta com Valentina no UFC 213

Por Erivan Camara 08/07/2017 - 22:03 hs

Amanda Nunes está fora da luta principal do UFC 213, em Las Vegas. A brasileira, atual campeã peso-galo do Ultimate, passou mal e precisou ser levada para o hospital. Segundo o que o Combate.com apurou com fontes próximas à situação, ela está sendo acompanhada de perto pela equipe médica do Ultimate, mas não tem condições de permanecer no card.

Yoel Romero e Robert Whittaker, que disputam o cinturão interino do peso-médio, agora fazem a luta principal do evento, que ficou com 11 lutas. O confronto entre os pesos-pesados Fabricio Werdum e Alistair Overeem passou a coevento principal, e a luta entre os pesos-galos Rob Font e Douglas D’Silva foi promovida ao card principal.

Amanda faria, neste sábado, a sua segunda defesa de título, desta vez contra Valentina Shevchenko. Ela conquistou o cinturão dos galos da organização ao bater Miesha Tate no UFC 200, há exatos 364 dias, também na T-Mobile Arena. Quase seis meses depois, no UFC 207, a baiana enfrentou a lutadora mais famosa e mais condecorada da companhia, Ronda Rousey, e a nocauteou em menos de um minuto.

A luta com Shevchenko era uma revanche. As duas se enfrentaram pela primeira vez em março de 2015, com a brasileira levando a melhor na decisão unânime.

Alguns minutos depois de diversos veículos da imprensa internacional noticiarem a saída de Amanda, o presidente do UFC, Dana White, confirmou a notícia em suas redes sociais. No site oficial do Ultimate, a organização noticiou que os fãs que desejarem reembolso pelos ingressos comprados podem fazê-lo no ponto de sua compra.