Em memorando, diretor da CIA diz que Geisel autorizou execução de opositores durante ditadura

Em memorando, diretor da CIA diz que Geisel autorizou execução de opositores durante ditadura

Informação está em documento tornado público recentemente pelo governo americano.

Por Erivan Camara 11/05/2018 - 09:58 hs

Em memorando, diretor da CIA diz que Geisel autorizou execução de opositores durante ditadura
O então presidente da República Ernesto Geisel durante evento em São Paulo em novembro de 1978 (Foto

Um memorando secreto da CIA diz que o general Ernesto Geisel, presidente do Brasil entre 1974 e 1979, sabia e autorizou execução de opositores durante a ditadura militar.

O documento, de 11 de abril de 1974, foi elaborado pelo então diretor da CIA, William Egan Colby, e endereçado ao secretário de Estado dos EUA Henry Kissinger. Tornado público recentemente pelo governo americano, ele foi revelado pelo pesquisador Matias Spektor, da Fundação Getulio Vargas (FGV) continua>>>