DER inicia recuperação de parte da malha viária do RN; confira os pontos em obras

Meta é concluir os reparos até a primeira quinzena de dezembro; prioridade são rodovias de maior movimento no Alto Oeste, no Seridó, e em municípios litorâneos

Por AGORA RN 21/10/2019 - 16:26 hs

DER inicia recuperação de parte da malha viária do RN; confira os pontos em obras
Meta é concluir os reparos até a primeira quinzena de dezembro

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/RN) iniciou os trabalhos de recuperação de parte da malha viária potiguar com frentes de trabalho em várias regiões, priorizando as rodovias de maior movimento no Alto Oeste e no Seridó, e em municípios litorâneos, devido a aproximação da alta estação. A meta é concluir os reparos até a primeira quinzena de dezembro.

Os pontos a serem recuperados com obras já em andamento são:

Distrito 1

  • RN-012 (Entroncamento da RN-013 – Gangorra) / Grossos, com 20 km, serviço de tapa buracos;
  • RN-016 (Assu / Carnaubais), 28 km, tapa buracos.

Distrito 2

  • RN-086 (Entroncamento BR-427 / Parelhas / Equador / Divisa RN-PB, 60 km, tapa buracos;
  • RN-089 (Entroncamento BR-427 / Ouro Branco / Divisa RN-PB, 27 km, tapa buracos.

Distrito 5

  • RN-064 (Santa Maria / Ceará-Mirim / Entroncamento RN-023), com 89 km;
  • RN-120 (Entroncamento BR-304 / São Paulo do Potengi), 10 km;
  • RN-203 (São Paulo do Potengi / São Tomé), 40 km; Acesso do entroncamento da BR-101 ; Av. Maria Lacerda / Av. Gastão Mariz / Entroncamento RN-063), 12 km;
  • RN-305 (Entroncamento BR-101 / Pitangui), com 5 km, tapa buraco e movimento de terra;
  • RN-063 (Entroncamento BR-101 (Nísia Floresta) / Tabatinga, 25 km, tapa buracos;
  • RN-316 (Parnamirim / Japecanga / Mendes), 15 km de tapa buracos.

Distrito 6

  • RN-074 (Rafael Godeiro / Entroncamento BR-226 (Almino Afonso), 8 km, tapa buracos;
  • RN-074 (Entroncamento BR-226 / Frutuoso Gomes) e RN-117 (Tenente Ananias / Entroncamento com a RN-079), tapa buracos.

A governadora Fátima Bezerra anunciou o convênio para os serviços de reparos nas rodovias estaduais no dia 5 de setembro. A assinatura entre a Secretaria Estadual de Infraestrutura, Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN) e Departamento De Estradas de Rodagem (DER/RN) ocorreu no dia 1 de outubro, na Secretaria Estadual de Infraestrutura, interveniente e supervisora das ações. O valor total é de R$ 8 milhões, arrecadados em multas pelo DETRAN/RN e repassados ao DER/RN para execução dos serviços.

Segundo o diretor-geral do DER/RN, Manoel Marques, os trabalhos devem ter impulso maior com a entrada de novas turmas de trabalho, a partir da semana que vem. Devem ser iniciados até sexta-feira, dia 25, reparos nas rodovias litorâneas, do distrito 4, de Canguaretama a Barra do Cunhaú. Também será concluído um trecho de 4 km em Baía Formosa, a partir do dia 28. “Para todas rodovias litorâneas, e as principais, mais movimentadas, a meta é que sejam concluídas até o final do mês de novembro, por conta da alta estação.”

O DER/RN também está com equipes na Região do Potengi, na RN-120. Já foi concluído o trecho de São Paulo do Potengi, no entroncamento com a RN-203; e está sendo reparado o trecho até São Tomé, na RN-203. No Vale do Ceará-Mirim, há duas turmas de trabalho no trecho Capela-Matas; e na RN-064, de Ceará-Mirim em direção a Touros, especialmente na entrada para Pureza, pois apresenta mais problemas, como informa Manoel Marques.

“Vamos começar na próxima semana, até o final da última semana do mês, o litoral norte; Maracajaú, Maxaranguape e Rio do Fogo. Estamos fazendo uma manutenção em São Miguel do Gostoso. Já tínhamos feito, mas apareceram novos buracos”, informa o diretor geral do DER/RN.

Mesmo com os serviços sendo concluídos até dezembro, como indica a meta, o objetivo é continuar mantendo as estradas conservadas, com vistorias mensais para detectar novos buracos. Manoel Marques considera essa ação o diferencial de sua gestão. “Não queremos voltar numa rodovia daqui a seis meses e encontrá-la do mesmo jeito”, afirma.

A Secretaria de Infraestrutura, em parceria com o DER/RN, ajuda no acompanhamento periódico da execução dos serviços.